news:

Entretenimento e Curiosidade

Gentileza gerou uma corrente do bem e fez garçonete ganhar R$270 mil

Publicado por TV Minas em 29/11/2015

foto_principal.jpg

Um simples ato de gentileza da jovem provocou uma revolução na vida dela.

 

Em Julho deste ano, Liz Woodward estava trabalhando quando ouviu dois clientes, bombeiros, comentando que tinham tido um dia difícil depois de apagar um grande incêndio em North Brunswick, nos EUA, que levou 12 horas para ser controlado.

 

Eles tinham ido tomar o café da manhã no restaurante Route 130, em Detran. Quando pediram a conta a garçonete entregou um bilhete dizendo:

 

“Hoje o café da manhã de vocês é por minha conta – obrigada por tudo que vocês fazem; por servir aos outros e por correrem para dentro de lugares de onde todos querem sair. Não importa o papel de vocês, vocês são corajosos, destemidos e fortes… Obrigada por serem tão ousados e fantásticos todos os dias! Alimentados pelo fogo e guiados pela coragem – que exemplo vocês são. Descansem! =) Liz”.

 

 

 

 

Os bombeiros Tim Young e Paul Hullings ficaram emocionados quando leram a mensagem.

 

Comovidos, eles agradeceram à garçonete pela gentileza. Tim postou o bilhete no Facebook chamando o ato de Liz de altruísta e bonito.

 

Ele convidou os amigos para irem à lanchonete e darem uma gorda gorjeta à garçonete. A postagem foi compartilhada mais de 3 mil vezes.

 

 

Corrente do bem

 

Mas algo muito maior aconteceu em seguida. Os bombeiros descobriram em um site de doações que o pai de Liz ficou paraplégico há 5 anos e que a jovem tentava desde o inverno passado comprar um carro adaptado para cadeirantes, para que pudesse sair com o pai.

 

Tim não teve dúvida: lançou uma campanha no Facebook pedindo que as pessoas fizessem doações à Liz e seu pai.

 

“A jovem que nos deu de comer também precisa de ajuda…”, dizia o post.

 

E o inacreditável aconteceu: em poucos dias mais de 70 mil dólares (quase 270 mil reais) apareceram na conta de Liz, bem mais do que o necessário para a compra do carro.

 

“Tudo que eu fiz foi pagar um café da manhã para eles e eu não esperava mais que um sorriso”, disse a garçonete. “Isso mostra que as pessoas devem simplesmente ser legais umas com as outras, porque até mesmo um gesto pequeno pode mudar uma vida”.

 

 

Um simples ato de gentileza da jovem provocou uma revolução na vida dela.


 


Em Julho deste ano, Liz Woodward estava trabalhando quando ouviu dois clientes, bombeiros, comentando que tinham tido um dia difícil depois de apagar um grande incêndio em North Brunswick, nos EUA, que levou 12 horas para ser controlado.


 


Eles tinham ido tomar o café da manhã no restaurante Route 130, em Detran. Quando pediram a conta a garçonete entregou um bilhete dizendo:


 


“Hoje o café da manhã de vocês é por minha conta – obrigada por tudo que vocês fazem; por servir aos outros e por correrem para dentro de lugares de onde todos querem sair. Não importa o papel de vocês, vocês são corajosos, destemidos e fortes… Obrigada por serem tão ousados e fantásticos todos os dias! Alimentados pelo fogo e guiados pela coragem – que exemplo vocês são. Descansem! =) Liz”.


 


 



 


 


Os bombeiros Tim Young e Paul Hullings ficaram emocionados quando leram a mensagem.


 


Comovidos, eles agradeceram à garçonete pela gentileza. Tim postou o bilhete no Facebook chamando o ato de Liz de altruísta e bonito.


 


PATROCINADORES

Ele convidou os amigos para irem à lanchonete e darem uma gorda gorjeta à garçonete. A postagem foi compartilhada mais de 3 mil vezes.


 


 


Corrente do bem


 


Mas algo muito maior aconteceu em seguida. Os bombeiros descobriram em um site de doações que o pai de Liz ficou paraplégico há 5 anos e que a jovem tentava desde o inverno passado comprar um carro adaptado para cadeirantes, para que pudesse sair com o pai.


 


Tim não teve dúvida: lançou uma campanha no Facebook pedindo que as pessoas fizessem doações à Liz e seu pai.


 


“A jovem que nos deu de comer também precisa de ajuda…”, dizia o post.


 


E o inacreditável aconteceu: em poucos dias mais de 70 mil dólares (quase 270 mil reais) apareceram na conta de Liz, bem mais do que o necessário para a compra do carro.


 


“Tudo que eu fiz foi pagar um café da manhã para eles e eu não esperava mais que um sorriso”, disse a garçonete. “Isso mostra que as pessoas devem simplesmente ser legais umas com as outras, porque até mesmo um gesto pequeno pode mudar uma vida”.


 


 



Um simples ato de gentileza da jovem provocou uma revolução na vida dela.



Em Julho deste ano, Liz Woodward estava trabalhando quando ouviu dois clientes, bombeiros, comentando que tinham tido um dia difícil depois de apagar um grande incêndio em North Brunswick, nos EUA, que levou 12 horas para ser controlado.



Eles tinham ido tomar o café da manhã no restaurante Route 130, em Detran. Quando pediram a conta a garçonete entregou um bilhete dizendo:



“Hoje o café da manhã de vocês é por minha conta – obrigada por tudo que vocês fazem; por servir aos outros e por correrem para dentro de lugares de onde todos querem sair. Não importa o papel de vocês, vocês são corajosos, destemidos e fortes… Obrigada por serem tão ousados e fantásticos todos os dias! Alimentados pelo fogo e guiados pela coragem – que exemplo vocês são. Descansem! =) Liz”.





PATROCINADORES

Os bombeiros Tim Young e Paul Hullings ficaram emocionados quando leram a mensagem.



Comovidos, eles agradeceram à garçonete pela gentileza. Tim postou o bilhete no Facebook chamando o ato de Liz de altruísta e bonito.



Ele convidou os amigos para irem à lanchonete e darem uma gorda gorjeta à garçonete. A postagem foi compartilhada mais de 3 mil vezes.



Corrente do bem



Mas algo muito maior aconteceu em seguida. Os bombeiros descobriram em um site de doações que o pai de Liz ficou paraplégico há 5 anos e que a jovem tentava desde o inverno passado comprar um carro adaptado para cadeirantes, para que pudesse sair com o pai.



PATROCINADORES

Tim não teve dúvida: lançou uma campanha no Facebook pedindo que as pessoas fizessem doações à Liz e seu pai.



“A jovem que nos deu de comer também precisa de ajuda…”, dizia o post.



E o inacreditável aconteceu: em poucos dias mais de 70 mil dólares (quase 270 mil reais) apareceram na conta de Liz, bem mais do que o necessário para a compra do carro.



“Tudo que eu fiz foi pagar um café da manhã para eles e eu não esperava mais que um sorriso”, disse a garçonete. “Isso mostra que as pessoas devem simplesmente ser legais umas com as outras, porque até mesmo um gesto pequeno pode mudar uma vida”.





Veja Também