news:

Sul de Minas

Prefeitura assume linha férrea para volta de trem turístico em Poços

Publicado por TV Minas em 08/12/2015

foto_principal.jpg

Cessão para uso gratuito foi entregue para a administração pelo Dnit. Expectativa é de que o trem volte a circular até Águas da Prata (SP).

 

Está em andamento em Poços de Caldas (MG) a reativação do trem turístico que liga a cidade a Águas da Prata (SP). A linha funcionou como transporte de passageiros até 1976 e na década de 1990, virou um trem turístico, que funcionou apenas naquela década.

 

Agora, depois de muitos estudos, reuniões e discussões para a reativação da linha, a prefeitura deu mais um passo para concretizar o projeto e assumiu a linha férrea por meio de uma cessão para o uso gratuito do trecho da linha férrea de Poços de Caldas e a Estação Ferroviária de Bauxita.

 

Pelo documento, o Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), cede oficialmente a linha férrea para a cidade em um contrato de 20 anos que pode ser prorrogado. A ideia é que o trem volte a circular e atenda o turismo na cidade e também em Águas da Prata.

 

O processo para reativação do trem vem de longa data e já contou, inclusive, com uma manifestação popular em 2013, pedindo que ele voltasse a circular. Desde então, foi feito um estudo de viabilidade técnica, realizado pela prefeitura e apresentado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, a fim de dar base ao trabalho.

 

Em 2014, o Dnit autorizou a reconstrução de 9 km da linha. Em setembro do ano passado, o governador do estado, Fernando Pimentel, anunciou que iria disponibilizar recursos para a volta do trem turístico.

 

De acordo com o secretário de turismo, Romulo Vilela, o trem poderá voltar em breve. “O projeto foi entregue à Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig) e está sob avaliação. É um projeto de grande relevância para o fomento turístico no município e contribui também para o resgate de memória e preservação do patrimônio histórico. Com este termo de cessão, damos mais um passo para a concretização disso”, destacou.

Cessão para uso gratuito foi entregue para a administração pelo Dnit. Expectativa é de que o trem volte a circular até Águas da Prata (SP).


 


Está em andamento em Poços de Caldas (MG) a reativação do trem turístico que liga a cidade a Águas da Prata (SP). A linha funcionou como transporte de passageiros até 1976 e na década de 1990, virou um trem turístico, que funcionou apenas naquela década.


 


Agora, depois de muitos estudos, reuniões e discussões para a reativação da linha, a prefeitura deu mais um passo para concretizar o projeto e assumiu a linha férrea por meio de uma cessão para o uso gratuito do trecho da linha férrea de Poços de Caldas e a Estação Ferroviária de Bauxita.


 


PATROCINADORES

Pelo documento, o Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), cede oficialmente a linha férrea para a cidade em um contrato de 20 anos que pode ser prorrogado. A ideia é que o trem volte a circular e atenda o turismo na cidade e também em Águas da Prata.


 


O processo para reativação do trem vem de longa data e já contou, inclusive, com uma manifestação popular em 2013, pedindo que ele voltasse a circular. Desde então, foi feito um estudo de viabilidade técnica, realizado pela prefeitura e apresentado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, a fim de dar base ao trabalho.


 


Em 2014, o Dnit autorizou a reconstrução de 9 km da linha. Em setembro do ano passado, o governador do estado, Fernando Pimentel, anunciou que iria disponibilizar recursos para a volta do trem turístico.


 


De acordo com o secretário de turismo, Romulo Vilela, o trem poderá voltar em breve. “O projeto foi entregue à Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig) e está sob avaliação. É um projeto de grande relevância para o fomento turístico no município e contribui também para o resgate de memória e preservação do patrimônio histórico. Com este termo de cessão, damos mais um passo para a concretização disso”, destacou.


Cessão para uso gratuito foi entregue para a administração pelo Dnit. Expectativa é de que o trem volte a circular até Águas da Prata (SP).



Está em andamento em Poços de Caldas (MG) a reativação do trem turístico que liga a cidade a Águas da Prata (SP). A linha funcionou como transporte de passageiros até 1976 e na década de 1990, virou um trem turístico, que funcionou apenas naquela década.



Agora, depois de muitos estudos, reuniões e discussões para a reativação da linha, a prefeitura deu mais um passo para concretizar o projeto e assumiu a linha férrea por meio de uma cessão para o uso gratuito do trecho da linha férrea de Poços de Caldas e a Estação Ferroviária de Bauxita.



PATROCINADORES

Pelo documento, o Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), cede oficialmente a linha férrea para a cidade em um contrato de 20 anos que pode ser prorrogado. A ideia é que o trem volte a circular e atenda o turismo na cidade e também em Águas da Prata.



O processo para reativação do trem vem de longa data e já contou, inclusive, com uma manifestação popular em 2013, pedindo que ele voltasse a circular. Desde então, foi feito um estudo de viabilidade técnica, realizado pela prefeitura e apresentado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, a fim de dar base ao trabalho.



Em 2014, o Dnit autorizou a reconstrução de 9 km da linha. Em setembro do ano passado, o governador do estado, Fernando Pimentel, anunciou que iria disponibilizar recursos para a volta do trem turístico.



De acordo com o secretário de turismo, Romulo Vilela, o trem poderá voltar em breve. “O projeto foi entregue à Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig) e está sob avaliação. É um projeto de grande relevância para o fomento turístico no município e contribui também para o resgate de memória e preservação do patrimônio histórico. Com este termo de cessão, damos mais um passo para a concretização disso”, destacou.



Veja Também