news:

Sul de Minas

Machado: Câmara quer instalação de Guarda Municipal para reduzir violência

Publicado por TV Minas em 19/10/2017

foto_principal.png

Machado lidera o índice de violência entre as cidades da região com população próxima a 50 mil habitantes.

Matéria extraída do G1

 

A Câmara de Vereadores de Machado encaminhou um projeto à prefeitura solicitando a criação da Guarda Municipal. O órgão seria uma medida para frear a violência que preocupa os moradores da cidade. Só neste ano, 16 pessoas sofreram tentativas de homicídio e cinco pessoas foram assassinadas.

 

No último sábado (14) à noite, um tiroteio na praça central deixou três pessoas feridas. Uma delas, o adolescente Ryan Wilian Mathias de Moreira, de 16 anos, acabou morrendo.

 

O alto índice de violência na cidade fez com que os vereadores enviassem um pedido para a prefeitura, pedindo a implementação da Guarda Municipal. A proposta foi enviada para a prefeitura em abril deste ano.

 

Os números da Secretaria de Segurança de Defesa Social do estado de Minas Gerais (SEDS) mostram que Machado lidera as estatísticas de violência entre as cidades da região com mais de 40 mil habitantes.

 

 

Aumento da violência preocupa moradores em Machado.

 

 

No levantamento, que levou em consideração os índices de janeiro a julho de 2017, Santa Rita do Sapucaí, com pouco mais de 41 mil habitantes, registrou duas tentativas de homicídio e uma morte, enquanto em São Lourenço, com pouco mais de 44 mil habitantes, foram três tentativas de homicídio e nenhuma morte.

 

O projeto apresentado pelos vereadores seria uma alternativa de melhorar a segurança na cidade. A proposta, segundo o vereador Erivelton dos Santos (Solidariedade) é começar os estudos o quanto antes, para que ele comece em 2019. "Quanto mais tempo nós vamos perdendo, nós vamos adiando essa situação. Então por isso a necessidade de uma discução mais ampla nesse momento", diz.

Machado lidera o índice de violência entre as cidades da região com população próxima a 50 mil habitantes.

Matéria extraída do G1


 


A Câmara de Vereadores de Machado encaminhou um projeto à prefeitura solicitando a criação da Guarda Municipal. O órgão seria uma medida para frear a violência que preocupa os moradores da cidade. Só neste ano, 16 pessoas sofreram tentativas de homicídio e cinco pessoas foram assassinadas.


 


No último sábado (14) à noite, um tiroteio na praça central deixou três pessoas feridas. Uma delas, o adolescente Ryan Wilian Mathias de Moreira, de 16 anos, acabou morrendo.


 


O alto índice de violência na cidade fez com que os vereadores enviassem um pedido para a prefeitura, pedindo a implementação da Guarda Municipal. A proposta foi enviada para a prefeitura em abril deste ano.


 


Os números da Secretaria de Segurança de Defesa Social do estado de Minas Gerais (SEDS) mostram que Machado lidera as estatísticas de violência entre as cidades da região com mais de 40 mil habitantes.


PATROCINADORES

 


 



Aumento da violência preocupa moradores em Machado.


 


 


No levantamento, que levou em consideração os índices de janeiro a julho de 2017, Santa Rita do Sapucaí, com pouco mais de 41 mil habitantes, registrou duas tentativas de homicídio e uma morte, enquanto em São Lourenço, com pouco mais de 44 mil habitantes, foram três tentativas de homicídio e nenhuma morte.


 


O projeto apresentado pelos vereadores seria uma alternativa de melhorar a segurança na cidade. A proposta, segundo o vereador Erivelton dos Santos (Solidariedade) é começar os estudos o quanto antes, para que ele comece em 2019. "Quanto mais tempo nós vamos perdendo, nós vamos adiando essa situação. Então por isso a necessidade de uma discução mais ampla nesse momento", diz.


Machado lidera o índice de violência entre as cidades da região com população próxima a 50 mil habitantes.

Matéria extraída do G1



A Câmara de Vereadores de Machado encaminhou um projeto à prefeitura solicitando a criação da Guarda Municipal. O órgão seria uma medida para frear a violência que preocupa os moradores da cidade. Só neste ano, 16 pessoas sofreram tentativas de homicídio e cinco pessoas foram assassinadas.



No último sábado (14) à noite, um tiroteio na praça central deixou três pessoas feridas. Uma delas, o adolescente Ryan Wilian Mathias de Moreira, de 16 anos, acabou morrendo.



PATROCINADORES

O alto índice de violência na cidade fez com que os vereadores enviassem um pedido para a prefeitura, pedindo a implementação da Guarda Municipal. A proposta foi enviada para a prefeitura em abril deste ano.



Os números da Secretaria de Segurança de Defesa Social do estado de Minas Gerais (SEDS) mostram que Machado lidera as estatísticas de violência entre as cidades da região com mais de 40 mil habitantes.





PATROCINADORES

Aumento da violência preocupa moradores em Machado.



No levantamento, que levou em consideração os índices de janeiro a julho de 2017, Santa Rita do Sapucaí, com pouco mais de 41 mil habitantes, registrou duas tentativas de homicídio e uma morte, enquanto em São Lourenço, com pouco mais de 44 mil habitantes, foram três tentativas de homicídio e nenhuma morte.



O projeto apresentado pelos vereadores seria uma alternativa de melhorar a segurança na cidade. A proposta, segundo o vereador Erivelton dos Santos (Solidariedade) é começar os estudos o quanto antes, para que ele comece em 2019. "Quanto mais tempo nós vamos perdendo, nós vamos adiando essa situação. Então por isso a necessidade de uma discução mais ampla nesse momento", diz.



Veja Também