Homem é condenado a 30 anos de prisão por tortura e assassinato em Pouso Alegre

Publicado por Tv Minas em 04/12/2023 às 15h22

Fonte:

A vítima foi confundido com um estuprador na época do crime.

A Justiça condenou na cidade de Pouso Alegre, no Sul de Minas, a 30 anos de prisão um homem acusado de assassinar uma pessoa que ele acreditava ser um estuprador. O crime ocorreu no final de 2022 e o veredicto foi anunciado recentemente.

 

O homem foi considerado culpado de homicídio triplo qualificado por motivos corruptos, tortura e por dificultar a defesa da vítima. A sentença estabelece que o acusado cumpra a pena inicialmente em regime fechado. 

 

A vítima, Rafael do Carmo Oliveira, de 35 anos, foi encontrada morta em dezembro de 2022, em uma mata próxima ao Cristo Redentor em Pouso Alegre. Oliveira, que tinha um histórico de envolvimento com drogas e já havia cumprido pena por homicídio, estava com as mãos amarradas e apresentava sinais claros de tortura, incluindo ossos quebrados e queimaduras.

 

Outros dois implicados no crime aguardam apelação e também poderão enfrentar um julgamento popular no início de 2025.

 

Da Redação

Compartilhe essa matéria: