Ação da PRF resulta na apreensão de veículo clonado em Pouso Alegre

Publicado por Tv Minas em 08/12/2023 às 19h32

Fonte:

Os policiais ainda descobriram que o veículo havia sido roubado em Novembro.

No final da tarde desta sexta-feira (08/12), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou mais uma importante ação de fiscalização de trânsito nas estradas do país. Durante uma abordagem de rotina, os agentes se depararam com um Chevrolet Onix, de cor branca, e notaram algo suspeito nos elementos de identificação veicular.

 

Diante dessa constatação, a equipe decidiu aprofundar a inspeção, buscando detalhes que pudessem confirmar a suspeita. Não demorou muito para que a descoberta fosse feita: as placas do veículo eram clonadas. Para piorar a situação, foi constatado que o carro original constava como furtado/roubado no mês de novembro deste ano.

 

O condutor do veículo, um homem de 29 anos, e o próprio automóvel foram encaminhados para o plantão regional da Polícia Civil (PCMG) de Pouso Alegre, onde serão realizados os procedimentos necessários para a investigação e apuração desse crime.

 

Essa ação da PRF reforça a importância do trabalho realizado pelas equipes nas estradas do país. Além de garantir a segurança viária e a fluidez do tráfego, os agentes da PRF também atuam no combate ao crime, como é o caso da apreensão desse veículo clonado.

 

A clonagem de placas é uma prática criminosa que tem se tornado cada vez mais comum. Por vezes, veículos furtados ou roubados têm seus elementos de identificação alterados, dificultando sua localização e facilitando a ação de criminosos. Por isso, é fundamental que a PRF esteja atenta a essas situações, pois além de atuar na prevenção de acidentes, os agentes estão constantemente atentos para identificar qualquer indício de irregularidade.

 

A ação efetiva da PRF resultou na apreensão desse veículo clonado, evitando que ele continuasse circulando livremente e possivelmente sendo utilizado em outras práticas criminosas. Essa abordagem é mais um exemplo do comprometimento e da eficiência da PRF. 

 

Da Redação

Compartilhe essa matéria: